14.6.11

Foto do dia

Vespa on the road, Brussels, Belgium
Foto de Ivan Dupont
  

Tudo sobre a LML 200 quatro-tempos

Recebi um email da internéte a avisar que as novas LML de 200cc a 4 tempos chegam em Julho aos concessionários Italianos. A esperada Star 200i possuirá um motor de três carters com uma árvore de cames, duas válvulas, pistão de 65.5x59.3mm, catalizador da era espacial e certificado Euro 3. Quanto ao chassis, presumo que será idêntico ao já existente na gama de quatro tempos.

Fotos de LML Italia

Nas especificações técnicas não há nenhuma surpresa. Destaca-se a potência de 11.7 cavalos (8.6 KW A 6500 RPM) e o alegado consumo de 2 litros aos 100 (outra fonte oficial indica 1 litro para 60km!!!). O "i" na designação do modelo testemunha a presença de injecção electrónica, se bem que há relatos não-confirmados de versões "naturalmente aspiradas" com carburador (tudo é naturalmente aspirado se não tiver um turbo ou compressor) destinadas ao mercado da Grã-Bretanha. A injecção electrónica socorre-se de peças da Ducati e da Magneti Marelli, e tem sensores Lambda e essa tralha toda.

Update: O novo motor baixa o peso dos 121 quilos das unidades existentes para 118 quilos, o que dá sempre uma ajuda ao comportamento e à performance.


Há montes de cores - muitas delas novas - para todos os gostos que vão desde os discretos cinzentos-metalizados até aos roxos esquisitos e azul-cueca, passando pelo castanho-cocó e pelos populares mates. Estas cores todas poderão não chegar a Portugal, claro. Update: As minhas fontes indicam que deverão estar todas disponíveis! Os bancos brancos abundam.


As primeiras informações sobre a LML de cubicagem duocentenária falavam em "estética renovada". Na realidade, as alterações são apenas de pormenor - eu estava com a ideia de que seriam bastante mais substanciais. O conjunto do velocímetro tenta imitar o da PX e ganha uma luz avisadora de ponto-morto e outra luz avisadora de accionamento do travão - a sério?!!


O banco foi revisto; é agora alegadamente mais confortável e com aspecto mais vintage. Os punhos ganham umas cenices cromadas, o farol dianteiro é mais brilhante graças a um reflector novo, as molduras cromadas dos piscas transparentes foram renovadas, e o farol traseiro recebe uma óptica mais luminosa e reflector incorporado.


O novo propulsor de 200cc também possui algumas diferenças significativas em relação aos seus irmãos de 125 e 150cc. A alimentação do filtro de ar é feita por um tubo flexível de borracha, e a lubrificação da cabeça do motor também foi mudada, sendo efectuada por um tubo externo. Finalmente, a embraiagem é completamente nova; esta unidade de 5 discos possui uma tampa de pressão (o "empurrador" central) com rolamentos. Posso ter-me enganado a traduzir do Italiano mas parece que a embraiagem é montada não na cambota mas no veio secundário para aumentar a sua suavidade.


Se quiserem saber mais, é mandar um email ao pessoal simpático da lml.pt. A Star 200i vai fazer ondas grandes no nosso pequeno charco scooterista, e estas vão chocar contra as ondulações crescentes da reintrodução da PX. É melhor prepararmo-nos para surfar.