14.1.10

O Ralf da SIP é meu amigalhaço

Depois de uma foto minha ter aparecido numa newsletter da SIP Scootershop sem autorização, entrei em contacto com a SIP e um dos chefões, o Ralf Jodl, explicou-me que já tinha mandado chicotear o seu webmaster. Muito cordialmente, ofereceu-se ainda para fazer algo para me compensar ao que eu imediatamente retorqui com um berro primordial de "carters cromados!" Felizmente o meu impecável bom gosto tomou as rédeas da situação e, em vez de cometer algum erro imperdoável relacionado com peças tuning gratuitas, decidi antes cravar-lhe uma entrevista.


Entrevista ao Ralf da SIP

Idade: 35.
Comida favorita: Todos os tipos de pasta.
Filme favorito: "Four Rooms", Quentin Tarantino.
A tua primeira scooter: Vespa PX80.
A tua última scooter: Vespa SS 180.
A tua scooter favorita: Vespa GS 160.
Clássica ou automática? Definitivamente CLÁSSICA [capitalização do entrevistado]
Cromado ou preto-fosco? "Chrome won't bring you home, matt-black will bring you back".
Estrada favorita para scooterizar: A travessia de montanha Brenner de Innsbruck na Áustria para a Itália, a estrada velha. Já a fiz mais de 40 vezes em Vespa, simplesmente a melhor.


Hobbies para além das scooters: Mercedes clássicos.
Como é que entraste no scooterismo? Eu queria mobilidade quando fiz 16 anos. Todos na escola tinham uma Vespa e era muito "moda" na altura, por isso eu precisava de ter uma também. Rapidamente descobri a cena enorme, a música e tudo o mais ao redor do scooterismo.
Como nasceu a SIP? O meu sócio Alex e eu queríamos peças tuning mais sofisticadas para as nossas Vespas mas ninguém tinha mais nada para venda além das peças Polini ou Malossi comuns. Assim começámos a viajar para Itália e a trazer peças especiais de pequenas oficinas de tuning, e a desenvolver os primeiros produtos nós próprios como o escape SIP Performance, o assento desportivo em fibra SIP e outros.
Qual é o segredo do sucesso da SIP? Quando começámos suponho que era aquilo que procurávamos: performance e estilo, peças especiais para scooters, peças de carroçaria feitas à mão, tudo o que precisas para tornar a tua scooter num objecto muito individual. Hoje em dia é também a variedade de peças que oferecemos. Temos em stock mais de 30.000 itens diferentes para scooter! E também a nossa capacidade de entregar imediatamente, temos um armazém enorme e o nosso objectivo principal é ter cada item em stock para os nossos clientes.
Que scooter terias se só pudesses escolher uma? Continuaria com a minha Rally 200 de todos os dias.


Todos temos histórias engraçadas sobre scooters ou viagens, conta-nos uma das tuas. Em Junho fui aos Estados Unidos à concentração Amerivespa em Los Gatos, perto de São Francisco. Num passeio atravessámos a ponte Golden Gate; passados 100 metros a minha Vespa P começou a fazer barulhos esquisitos e eu virei a torneira da gasolina para a reserva, mas nada aconteceu, o motor não voltou a pegar. Eu parei na ponte Golden Gate, no meio do trânsito maluco. Não foi muito divertido com todos os carros e camiões a passarem perto e sem berma para sair da estrada. Passados alguns minutos três carros de polícia bloquearam todas as três faixas e pararam todo o trânsito na ponte. Que imagem! Um pronto-socorro veio e rebocou-me para o outro lado da ponte, sem pagar nada! Verifiquei a gasolina no outro lado e, após alguma pesquisa, descobri que a minha máquina engraçada tinha uma torneira invertida: a posição C de fechado era a reserva e a posição R de reserva era fechado... Com duas quicadas a Vespa estava a trabalhar novamente...


Todos querem que a sua Vespa ande mais depressa. Tens alguns conselhos sobre tuning? Mantenham a fiabilidade para não perderem a diversão.
Qual é a tua opinião sobre as scooters LML e o seu novo modelo a 4 tempos? Sinceramente não são para mim. Mas ao fim e ao cabo é mais uma Vespa na estrada, de algum modo.
Se pudesses, o que mudarias na cena scooterista? Nada, a cena é como é e eu gosto dela.
Que coisas com pinta é que poderemos esperar da SIP no futuro? Nós não dormimos. Estamos agora a trabalhar num projecto custom baseado numa Vespa VBB, e estamos a introduzir uma nova série de amortecedores SIP Performance. [aqui e aqui]
Qual é a tua opinião de Portugal? Conheces algumas palavras em Português? "Elogios!"