19.7.11

Foto do dia

bike on blue
Foto de Bunn's Photos
   

Problemas de parafusos

O parafuso não quer girar. E agora?

A primeira coisa a fazer é não fazer nada. Evitar piorar a situação. Fume-se um cigarro/ beba-se um café/ veja-se um episódio do Dragon Ball e retome-se o problema de mente limpa e descontraída. Limpe-se bem o parafuso, pegue-se na chave de melhor qualidade disponível e tente-se de novo. Umas pancadinhas no parafuso podem ajudá-lo a soltar-se, e empurram as rebarbas criadas pelo escorregar da ferramenta de volta ao sítio, "apertando" a fenda/cruz onde a chave encaixa. Umas pancadinhas na chave de fendas/de cruz para a encaixar bem também não fazem mal.

Para evitar que uma chave de fendas derrape deve-se usar a maior chave possível, e com faces paralelas. Para evitar que uma chave em cruz (Philips) derrape, devemos aplicar força no sentido do parafuso, apoiando todo o nosso peso no cabo; a chave pode então ser girada com um alicate ou um roquete (se a chave tiver essa aplicação). Se se tratar de um parafuso de cabeça hexagonal e a chave de bocas tiver folga excessiva na cabeça, pode-se tentar eliminar essa folga com uma lasca de metal fino o que diminuirá a probabilidade da chave saltar por cima das arestas.

Impact driver
A chave de pancada funciona à pancada, literalmente

E se mesmo assim o parafuso de fenda/cruz não girar? Utilize-se uma chave de pancada ("impact driver"). É uma peça pesada e sólida que contém um mecanismo em espiral no seu interior. Ao darmos uma martelada na sua extremidade, a outra ponta irá rodar um oitavo de volta. A combinação da força do martelo no sentido do parafuso e o movimento de desaperto (ou aperto, pode-se seleccionar) simultâneo consegue rodar parafusos aparentemente imóveis para toda a eternidade.

O calor ajuda. Aquecer as roscas à volta do parafuso preso, especialmente se forem de alumínio, dilata-as e ajuda o processo. Podem-se aplicar vários ciclos de calor e frio para ajudar a "descolar" um parrafuso que sofra de corrosão ou soldadura galvânica. Óleo penetrante durante alguns dias também é terapêutico.

Cabeça moída/arredondada? A primeira solução é preventiva: usar uma ferramenta de qualidade e em bom estado que se ajuste perfeitamente à cabeça, e não a deixar escorregar. As restantes soluções são algo mais destrutivas: agarrar no bicho com um alicate de pressão, ou cortar uma ranhura na cabeça com uma Dremel para utilizar uma chave de fendas, ou bater com um ponteiro numa extremidade da cabeça para a tentar fazer girar, ou fazê-la desaparecer por completo (cortando-a ou furando-a com um berbequim).

Screw extractor set
Não são machos mas são ferramenta de macho

No caso de a cabeça partir ou se a decidirmos cortar entra em cena outra ferramenta especializada, o extractor de parafusos. Parece-se com um conjunto de machos de fazer rosca mas a diferença reside numa espiral pronunciada no sentido inverso ao normal. Para o usarmos, deve-se fazer um furo no centro do corpo do parafuso. O extractor encaixa no furo e, ao ser apertado no sentido anti-horário, faz girar o parafuso também. O truque é fazer um furo alinhado com o veio do parafuso, que não "saia fora" do parafuso e danifique as roscas. Usar brocas de qualidade novas, fazer uma marca inicial com um ponteiro, utilizar uma broca mais fina inicialmente e ir alargando o furo, sem pressa e com o berbequim perfeitamente alinhado são excelentes ideias.

Se tudo falhar, aquele torneiro habilidoso que o não-sei-quantos conhece consegue resolver o problema.