15.12.08

Karina Sapatarias Outlet

Já todos conhecemos os extremos a que os fanáticos das Carinas chegam, chegando inclusivé a seduzir jovens moçoilas de nome Carina para suas namoradas. Sim, vocês sabem quem são, ninguém acredita que seja coincidência. (numa nota não relacionada, eu desejo ter uma namorada de nome Gertrudes Simone para a poder tratar pelas iniciais)

Pois agora, mesmo no meio da artéria mais movimentada de Gaia, há a sapataria dos vossos sonhos, a Karina Sapatarias Outlet. Não entrei, mas estou convicto que a oferta de calçado de qualidade adequado a actividades scoteristas é abundante e diversificada. E de fabrico nacional! (eu sou o tipo do capacete amarelo dentro da montra)

Karina Sapatarias

Se ignorarmos a composição fatela desta foto e nos concentrarmos na ilustração da senhora em cima da scooter, cuja composição é ligeiramente menos fatela, poderemos observar algo semelhante a uma Vespa "struzzo" e não uma S170 originária da Taboeira. No entanto, o avental exibe a designação Karina! Será que é a senhora (menina não, pois já tem cabelos brancos) que se chama Karina e está tão sedenta de afirmação pessoal que sente necessidade de anunciar o seu nome neste meio de transporte vistoso? Ou será um restauro de Carina que correu horrorosamente mal? "Ixto é assim: ixto 'tá tão podre que xó xe aproveita o xaxis. Mas eu tenho ali atrás umas chaparias duma Bexpa antiga, daquelas de guiador de bicicleta, 'tá a ber, que xão a mesma coisa. Boto-lhe um bocado de betume e ninguém repara. O meu cunhado, o Karlos, fax-me o dixtintivo para a frente e fica aqui uma categoria. Boxê num se preocupe."

Sapatarias Karina

Existe bastante linguagem gestual na pose da teórica Sra. Karina: ela ou está a fazer uma prova de perícia em slalom, ou está fascinada pelo micro buraco negro que absorve toda e qualquer luz reflectida das rodas e motor. De qualquer maneira é bom ver uma scooter que não é azul-cueca, se bem que a tonalidade do casaco grite roupa interior.

E agora, a bonus track. O Luca enviou-me o link para aquele que é, provavelmente, o único vídeo com uma Carina existente em toda a WWW. Consiste basicamente no Coriscada a ir-se embora e a regressar logo de seguida porque se esqueceu da máquina e do capacete. :-)