6.4.09

Segundas oportunidades

Há um monte de anos atrás acompanhei um amigo na sua viagem para ir inspeccionar um Ape antigo que estava à venda numa terriola esquecida. Bom estado geral, pequena avaria de motor, preço redondo. Por lá ficou.

Uma década depois acompanhei o mesmo amigo na mesma viagem com propósito idêntico. Ao longo dos anos o pequeno Ape continuou avariado, mudou de mãos, degradou-se, foi parar à sucata e foi resgatado duma morte inglória. Continua a dormir ao relento, à venda por pouco dinheiro, tentando corajosamente manter um pouco da sua dignidade de tempos passados.

Tanto o Ape como o meu amigo tiveram a sua segunda oportunidade. Provavelmente desperdiçada.

Ape revisited