10.6.08

Tricarina!

Desde épocas distantes que a história tem sido passada de geração em geração, sempre coberta por um véu de mistério e incerteza. A lenda do triciclo Carina consumiu as vidas de muitos entusiastas, que dedicaram vidas e fortunas à busca incessante de provas da existência desta máquina mítica.

Durante séculos, a Humanidade interrogou-se sobre este veículo de trabalho de três rodas baseado na scooter Carina. Verdadeiro? Falso? Apenas um protótipo ou alguma alteração caseira? Fabricado em número simbólico? Ou meras miragens criadas por uma mente desejosa de acreditar? Independentemente da resposta, uma única fotografia alimentava a esperança dos crentes, a desta adaptação realizada por um mecânico do Porto:

carinatriciclo

Muito recentemente, as chamas da fé no triciclo Carina foram bruscamente avivadas com uma brisa fresca e ríspida que veio da direcção do OLX, na forma dum avistamento desfocado e pouco nítido. Tal e qual a Memorial Day footage para os investigadores do Yeti, esta colecção de pixels borrados tornou-se na melhor prova da existência do triciclo Carina. O guarda-lamas invulgar, a forqueta Earles, as jantes esquisitas, todos eles pareciam gritar "agricultor-bodge!". Não obstante, o logotipo "Casal" losangular (20% de probabilidades de ser uma palavra verdadeira) escarrapachado na lateral da caixa de carga mantinha a esperança de milhões espalhados pelo planeta inteiro.

tricarina2

Há poucas horas atrás, uma onda de excitação colectiva varreu os círculos especializados quando surgiu a muito esperada confirmação, clara e inequívoca, da existência do triciclo Carina. Os atordoados cientistas debatem-se sobre o nome correcto a dar a este extraordinário espécime. Triciclo Carina? Tricarro Carina? TriCar-ina? Tricarina? Mal esteja terminada essa tarefa, décadas de apurado esforço de investigação terão que ser despendidas em todos os pormenores e características invulgares que se manifestam à proa e à popa do avental típico da S170. Darwin tem muito que explicar. Contemplem a Tricarina em todo o seu esplendor!

tricarina
(Foto de jmls- muito obrigado, Sr. João!)