2.5.16

Youtube Monday

Parece que uma T5 não consegue bater uma Star Lite no arranque... Isto é um sinal do Apocalipse, sem dúvida!

   

13.4.16

Soldadura

Alguma vez vos aconteceu estarem a trabalhar na oficina, começarem a ver sangue nas ferramentas, perceberem então que se cortaram, esfregarem o sítio da fuga* com o pano nojento do óleo, enrolarem um bocado de fita isoladora no dedo e continuarem a trabalhar como se nada se tivesse passado? Pois, eu também não.

Bem, o que eu vos queria dizer é que finalmente as minhas soldaduras (soldações? soldagens? soldamentos? soldótipos?) deixaram de parecer bocados de ranheta seca e passaram a assemelhar-se a bocados de ranheta molhada. Uma grande evolução!

stick weld

A razão básica para tão demorada evolução prende-se com a extrema violência intrínseca ao processo, ora confiram. Bué metal! \m/


* os civis têm cortes e arranhões, os Vespistas têm fugas e deficiências de vedação
    

11.4.16

Youtube Monday #documentário

Porque a Vespa faz 70 anos e cenas e coisas. Espero que saibam falar Francês porque o canal Arte tem dos melhores documentários. Salut!

    

6.4.16

Quem fará 200.000 quilómetros primeiro?

Realizar 100.000 quilómetros numa Vespa é um feito. Sabe muito bem ver a fila de noves "dar a volta" em sincronia mecânica até ser substituída por uma fila de bolinhas perfeitas. É um feito invulgar mas não difícil. O que é difícil, isso sim, é fazer 200.000 quilómetros numa Vespa.

Eu estou a caminho pois já vou com 175.000, mas não sou o único neste trilho. O PE, um rapaz garboso e de refinado bom gosto que partilha o meu/nosso amor pela Vespa, já deve estar a rondar os 140.000. Ora, se estudarmos o seguinte gráfico gerado pelo super-computador da Horta...

Bob vs. PE
Horta Analog Xtreme Definition Super Hyper Graphix (TM)

...torna-se clara a existência de uma distinta e real possibilidade de ser a PX do PE a atingir a dupla centena de milhar de milhares de metros antes da minha PX. Ora isto deverá acontecer no início de 2019, daqui a 3 anos. O primeiro segmento de recta (até 99) é da responsabilidade do dono anterior da minha PX; a seguir a 99 podemos observar que o declive das duas linhas é semelhante o que me daria a vantagem. No entanto, a minha quilometragem começou a abrandar no início da presente década, ao passo que o PE continuou a fazer 500 quilómetros por dia ou lá o que é necessário para atravessar o rio Tejo e ir para o emprego.

Quem chegará primeiro à linha tracejada? Será que assistiremos a viagens-maratona no Inverno de 2018 para não deixar escapar o título? Ou será que o Zé João tem realmente uma Rally que já deu a volta por duas vezes? Façam as vossas apostas nos comentários e que ganhe o Vespista com o rabo mais insensível.
    

4.4.16

Youtube Monday

Aqueles javardolas adoráveis que foram de Lisboa à Croácia estão a limpar o disco duro e a meter vídeos grafico-digitais nas internétes. Ver exemplo abaixo.



    

2.4.16

Meia dúzia de fotos da Serra

Mau: quando estamos numa estrada nacional remota a vir para casa e a Vespa morre.
Bom: quando o problema era apenas a vela que durou 2 ou 3 anos sem manutenção nenhuma.
Muito bom: quando resolves o problema em 3 minutos pois tens peças suplentes e ferramenta.
Excelente: quando, apenas 2 minutos depois de avariares numa estrada nacional remota, pára um tipo com uma carrinha enorme a perguntar-te se pode ajudar porque ele também tem uma Rally. #irmandadevespista

P3122919

P3132999

P3122923

P3122978

P3122942

P3122962