21.4.08

"It's a classified ad, Jim, but not as we know it."

Segurem-se bem. A sério.

Uma PX125E por 12.000 euros.

Doze. Mil. Euros.


Quando eu vi aquele valor no topo do ecrã, fiz o proverbial double-take e esfreguei os olhos como fazem nos desenhos animados, terminando com um sonoro "Aaaaahhhnnnn????!!!!!". Só pode ser um erro, pensei eu. Ou uma piada. Para piada parece ser muito elaborada, com montes de fotos e um número de telemóvel. Erro também é difícil, não me parece que o homem venda aquilo por apenas 1.200 euros. Um email já vai a caminho com um pedido calmo e educado de confirmação de preço.

Rapidamente esquadrinhei o anúncio à procura de algum acessório escondido que inflacionasse o preço, como o diário secreto de Hitler, mas não o encontrei. Aparentemente, há alguém que julga que uma banal PX125 de 1985, com 42.000 kms e 2 registos, por estar pintada de fresco, ter dois banquinhos estofados a condizer e um par de pneus de faixa bege, vale 2.400 contos na moeda antiga. Sinto-me como Michelangelo à frente dum bloco gigantesco de mármore da mais finíssima qualidade, depois de lhe terem dado um real pontapé nos impronunciáveis.


O que é que se passa em Almancil? Isso é no interior do Algarve, não? Há alguma coisa esquisita na água? Há uma tradição da aldeia de se fumar crack ao Domingo ou algo do género? É um raio duma PX! É preciso viver nalguma realidade alternativa bizarra onde Salazar nunca morreu e Portugal foi anexado por uma Espanha devastada por 50 anos de guerra civil para sequer começar a vislumbrar a inflação necessária para colocar uma PX remotamente perto dos 12.000 euros. Estamos a falar dum veículo que custa um décimo disso e, até há pouquíssimo tempo atrás, podia ser adquirido novo por quase um quarto do preço. Meu, o teu estofador roubou-te como nem fazes ideia.

Eu adoro as descrições telegráficas: "vespa restaurada- ofertas$$$$$ para luispires@luispiresdecor.com". Aviso-vos já para não irem ao site sugerido pelo email de contacto. A música de entrada suga-nos a vontade de viver, e os erros ortográficos fazem o resto do trabalho empurrando-nos definitivamente ao suicídio. O dono parece aceitar ofertas, o que deixa antever a possibilidade do preço elevado ser apenas um ardil tuga para aparecer no topo da lista de ofertas. Espero que sim, temo que não.

Primeiro, ninguém restaura uma PX. As PX pintam-se ou arranjam-se. Se discordam de mim, tenho aqui alguns telemóveis antigos do tipo "tijolo" para vocês restaurarem. Segundo, a cor "branco metalizada" [sic] é gay. Terceiro, este veículo não tem caixa "semi-automática" nem pertence à secção dos "motociclos nacionais". E quarto, o motor completamente pintado de cinzento-andaime é mega-assucatado: foram porcas, pernos, bujão e tampa do selector. Não vale mais de 11.500, chefe.



Quando parei de me debater por exaustão nas areias movediças de sofrimento e dor para as quais fui atirado por este anúncio de venda, procurei por maneiras de fazer passar o tempo que faltava até à chegada da morte inevitável por asfixia, que me iria libertar deste tormento incomportável em brilhante tom de branco-frigorífico. Decidi listar o que é possível adquirir com 12.000 euros:
  • 100 compressores de 50 litros
  • 240 pneus de faixa branca de qualidade
  • 18.461 croissants de chocolate
  • 6 pacotes de viagem às Caraíbas com 7 noites, tudo incluído
  • um carro novo
  • uma Honda Hornet, uma Yamaha Banshee, e um empilhador de 2,5 toneladas usados
  • 8.500 litros de gasolina. Não, 8.400. Alto, 8.300. Hannn, 8.200? 8.100!
  • três Sprint Veloces restauradas com pneu de faixa branca e estofo a condizer, com apenas 600kms depois do restauro, e suspensão açapada
  • meia dúzia de Vietbodges fresquinhos do contentor, para vender à malta agora no Verão
  • 120 fins de semana a curtir à larga de Vespa
  • 1200 rebarbadoras baratas
  • 600 rebarbadoras melhorzitas
  • um trespasse de talho e charcutaria
  • um Bobcat de pá carregadora com 8000 horas, e ainda sobram trocos para o reboque
  • 30 Vespas 50s meio podres sem documentos
  • um Jaguar Daimler 4.0 com 230 cavalos, full extras, estado de concurso
  • um website decente em que o webdesigner gaste 15 segundos a googlar a ortografia correcta de "upholsterer"
  • 2 blogs de 6000 euros. ;-)
O que é que vocês podem comprar com 12.000 euros? Apitem nos comentários.

Eu odeio esta pessoa. Mesmo que o valor final se venha a revelar nada mais que uma estratégia de marketing parva, o homem estragou tudo. Da próxima vez que aparecer uma Sprint de 5000 euros genuína, com os sinoblocos tortos, o farolim errado e o escape ferrugento, já não vai ter piada nenhuma descascar na "dois banquinhos": Ah e tal o homem quer 5000 euros por uma Sprint axanatada, isso até é caro- MAS não se compara à PX de 12.000 euros. Nunca nada se comparará à PX de 12.000 euros. Está tudo estragado. Obrigadinho, Sr. Pires.