19.5.08

As velas limpar?

Eu não limpo velas. Ando até elas apodrecerem e ponho uma nova. Às vezes nem isso. [som de flashback e desfocagem às linhas onduladas verticais]

Quando eu trabalhava na Maia há alguns anos atrás, a PX fazia 300.000 kms por ano. A manutenção era mais rara que uma gravata na concentração de Faro, e o balon do motor passava meses sem sair do sítio. Uma vez, ao entrar na Via Norte, o motor decide morrer, algo completamente inusitado e inesperado. Com uma naturalidade alarmante, calculei instantaneamente que devia ser a vela a desistir, depois duns 10.000kms sem atenção. E eu estava correcto. A folga entre os pólos era suficiente para lá montar umas prateleiras, a quantidade de carvão acumulado poderia suprir as necessidades energéticas da indústria metalúrgica Alemã durante 18 meses, e o desgaste do eléctrodo superior faria o Titanic parecer saído do stander. Vela nova, siga a Marinha, mais 10.000kms sem tirar o balon.

[som de flashback e desfocagem às linhas onduladas verticais de novo, regresso ao tempo presente] Eu peco muito por falta de manutenção. Mesmo que o oposto fosse verdade, uma coisa que nunca me apanhariam a fazer é limpar velas. Se o vosso motor estiver a funcionar bem, a vela tem obrigação de chegar ao fim do seu ciclo de 5.000kms sem problemas. Nem é preciso olhar para ela. Rio-me interiormente sempre que alguém fala em limpeza com gasolina e escova de dentes, ou queimar a ponta com um isqueiro. Isso é tanta treta! A minha avózinha tinha histórias melhores acerca de como comer fígado frito a fazer o pino durante a Lua Nova curava a micose.

Só há uma maneira de limpar uma vela, e essa maneira é abrasiva. O metal dos pólos tem que ser "decapado" para ficar limpo e reluzente. Onde é que a gasolina dissolve aquelas incrustações de carvão? Please. Boa sorte com o paninho e a escova de dentes. E em segundo lugar, as arestas dos pólos têm que estar afiadas. A electricidade adora arestas e vértices afiados para poder saltar, realizando o arco eléctrico necessário para iniciar o processo de combustão. Arestas arredondadas são "major turn off" para os electrões. É este o principal problema duma vela usada, sabiam? Arestas arredondadas.

Por isso, as velas não se limpam. Se sentem essa necessidade, é porque o vosso motor é panasca, e o carburador tem tendências "bi". Mas se forem tolerantes e americanos, sempre podem sacar do Visa e adquirir um limpador pneumático abrasivo destes ou destes. Aposto que não conheciam... Mas não se livram de serem gozados por mim, do alto da minha superioridade moral proveniente de recordes absolutamente graníticos de fiabilidade da PX, conquistados à força de maus tratos e milhentos quilómetros de abuso selvagem. Cambada de limpadores de velas.

Spark plug cleaners

(via Toolmonger)