15.4.10

Capacete Nexx XR1R - primeiras impressões

Os colegas simpáticos da Nexx enviaram-me um dos seus modelos novos, o XR1R, para eu testar. Fiquei bastante impressionado com a dedicação desta firma nacional à qualidade e à inovação quando os visitei, e desconfio que todos aqueles que experimentarem o XR1R (ou XR1.R, como também parece ser chamado) ficarão com a mesma opinião.

Nexx XR1R helmet

Nexx XR1R helmet

ASPECTO E PESO
A minha primeira impressão do XR1R foi quando peguei no caixote que o cavalheiro da transportadora me entregou, e jurei a pés juntos que era impossível que contivesse um capacete, tão diminuto era o seu peso! O Nexx acusou 1350 gramas na minha balança (tamanho L - os tamanhos inferiores deverão pesar 1300 gramas) contra 1610 gramas do meu velho CMS GP4.

Este peso baixíssimo é uma grande vantagem do modelo e provém, em grande parte, da construção "Tri-Composite" da carcaça que reúne carbono, fibra de vidro e kevlar para aumentar a capacidade de absorção de choques e a resistência, bem como diminuir o peso de modo notório.

Quanto ao aspecto, sempre fui preconceituoso contra o design moderno - se fosse por mim, viveríamos todos nos anos 60. No entanto o XR1R consegue agradar-me com um aspecto fresco e moderno mas sem parecer um crânio alienígena radioactivo.

O fecho do capacete é do tipo anel duplo, como normalmente se usa em competição. Este tipo de fecho é considerado como mais seguro que o sistema de fivela que sempre usei mas menos prático pois demora algum tempo a fechar, especialmente com luvas calçadas. Algum treino deverá minorar este inconveniente.

Nexx XR1R helmet

QUALIDADE
A pintura é simplesmente perfeita e os acabamentos são excelentes nos sítios à mostra. Só nos recantos escondidos é que se encontram coisas como manchas de cola. A lista de características é extensa e inclui itens interessantes como porções de material reflector na zona visível do estofo e uma pequena aba que tranca a viseira na posição fechada.

Os sistemas de abertura da viseira de 2mm de espessura e das entradas de ar são realizados em plástico, com um funcionamento simples; veremos se surgem problemas de durabilidade. O forro é facilmente removível para ser lavado o que facilita muito a vida em comparação com capacetes de forro fixo.

Nexx XR1R helmet

CONFORTO
O XR1R é muito silencioso e tem soberba visibilidade - não se conseguem ver as arestas da abertura frontal em andamento. O argumento mais forte ao nível do conforto é o "Ergo Padding System", basicamente um kit de esponjas de 2 e 4 milímetros de espessura, que podem ser colocadas por baixo do forro individualmente para afinar o "encaixe" do capacete na nossa cabeça. É um autêntico Ovo de Colombo que não se vê nem em capacetes mais caros.

Existem duas entradas de ar no topo e mais uma no queixo, ajustáveis, e quatro saídas. A ventilação parece boa mas ainda não apanhei uma valente caloraça para o comprovar. Também reservo a minha avaliação do conforto geral porque estou a ter alguma dificuldade em adaptar-me a um capacete novo e justo depois de ter passado os últimos 2 anos com um penico completamente "açapado" e cheio de folga. Posso relatar com confiança, no entanto, que existe amplo espaço para usar óculos.

Nexx XR1R helmet

O preço recomendado do Nexx XR1R "Plain" (cor única, como este) é de 219.99 euros, mas desconfio que o preço real nas lojas será inferior - procurem um pouco e serão recompensados. Existem ainda outras versões do XR1R com decorações variadas a 249.99 euros, que elevam o número total de combinações de tonalidade e grafismo para 400 ziliões. Só os mais picuinhas é que não conseguirão encontrar um XR1R de que gostem! Existe ainda uma versão em carbono com um peso de 1200 gramas e forro Coolmax, se estiverem interessados em gastar 349.99 euros.

Este foi um primeiro contacto com o Nexx XR1R. Assim que tiver feito um número decente de quilómetros com o meu novo protector craniano, apresentarei um relatório mais aprofundado.