30.8.08

Hortatoon #2

O Valter chamou-me a atenção para esta 50s anunciada no Portal dos Clássicos. Eu roubei a fotografia e pus-lhe uma legenda estilo LOLcatz. Quem não for conhecedor do estilo talvez não ache muita piada, mas posso apontar-vos no mapa uma ilha remota no meio do Oceano Pacífico onde moram as pessoas que se preocupam com esse facto. De qualquer maneira, encontra-se agora criado o segundo Hortatoon da história.

valter1400final

Esta 50s pintada a preto fosco (presumivelmente na garagem onde se encontra) com guiador, farol e selim modificados para se parecer com uma "faro basso" ou FNGL (farol no guarda-lamas) estaria à venda por algo semelhante a 1400 euros. E sabem o que é mais assustador? Deve existir alguém que goste desta Vespa e que ache que até não está cara.

28.8.08

"Vamos ver se pega..."

O SS passou pela sede da Horta para realizar a inspecção bob-rigatória, e receber a benção. A sua LI150 com escape big-bore passou sem grandes dificuldades, e já anda a largar peças entre o Porto e Vila do Conde. Dizem os rumores que se vai arrastar até ao Camping... [snicker]

Parabéns pelo restauro, Sérgio!


22.8.08

Indian scooter love

Montes de postas em blogs são compreendidas apenas por um "Vejam que fixe!" e um link do Youtube. Não há verdadeira criação de conteúdo original. Tento evitar isso ao máximo e, sempre que aparece um vídeo, link ou notícia que me apetece partilhar, adiciono-o à lista "Hortas", aqui ao lado. Algum de vocês costuma carregar lá?

Pois bem, este vídeo que me apareceu via 2strokebuzz merece a sua posta individual, totalmente desprovida de criação de conteúdo original. Porquê? Basta ver. Apetece-me enfiá-lo num pauzinho e lambê-lo como um gelado.

21.8.08

É cultura

Fónix! A Horta até vos dá cultura e arte! Eix!... És maluko!... Fónix!

Em Loulé, na Quinta Fonte da Pipa, está patente uma manifestação do evento Holidays in the Sun, integrado no programa Allgarve (uma designação ridícula, se me perguntarem). Nesse local poderão apreciar uma instalação de Claude Lévêque, denominada Wild Horses. Pelo que vi na TV e na net, é uma quantidade de motoretas e scooters pintadas de branco, estacionadas ao calhas num campo. Se estivessem pintadas em azul-cueca, seria cópia exacta do 1º Encontro de Motociclos Clássicos de Vila Nova Genérica! *rimshot*

Wild Horses

A foto saiu daqui, onde também se pode aprender que o "Allgarve" é um "programa integrado de eventos de animação que pretende, através do lifestyle, glamour e espírito cosmopolita, proporcionar experiências que marquem todos os que nele participem." Sentem-se marcados? A transbordar de glamour e espírito cosmopolita? Então têm um problema no vosso lifestyle.

16.8.08

Gasolina cara, já!

Afinal não sou o único a pensar que a gasolina deveria subir de preço, o Primeiro Ministro Dinamarquês também pensa assim. É agradável termos a confirmação que não estamos loucos, e que ainda há esperança para a classe política...

14.8.08

Outra corrida de motorizadas

Amanhã vai ter lugar o "Grande Prémio de Motociclismo Sra. da Aparecida 2008", nas categorias de 50 e 80cc, no vale do Sousa (Lousada/ Felgueiras). Aqui o je foi cravado para lá ir fazer a reportagem.

Deverá ser um acontecimento verdadeiramente fenomenal, já que possui uma entidade teológica no nome. A PX está sempre pronta para esticar as pernas, mas eu preciso de alguma preparação; nada de tão profundo como ir rezar de capacete à la o palhaço do Ghost Rider, mas algo como uma musiquinha dos anos 60 para dar ânimo. Take it away, Bob:

13.8.08

Stander com LML

Para os que estiveram em hibernação criogénica nos últimos seis meses, faço notar que as LML já estão em exposição no Porto, no Centro Comercial Invictus (na zona da entrada do parque de estacionamento, à Rua da Alegria). A Star Deluxe 150 está a um preço extremamente acessível de 2.180 euros!

A LML da foto é um "dealer custom" da Vespa Garage. Por 2.450 euros são adicionados os bancos individuais e os estendais de roupa cromados. Se querem uma não adiem pois o Vasco informou-me que o próximo lote será mais caro, devido ao aumento dos custos dos transportes (elas não vêm a pé da Índia, sabem?). Digam que foi a Horta que vos mandou.

LML Star Deluxe 150 modified

12.8.08

Sprint veloz

Alguém está interessado numa Sprint veloz? Totalmente restaurada incluindo pedal de travão pintado?

veloz

11.8.08

Kit de unhas

Via The Scooter Scoop, vídeo do novo protótipo do proverbial "kit de unhas" a ser testado numa estrada de montanha secreta. Faz os exibicionistas das concentrações parecerem patéticos, com um P maiúsculo de 30 metros de altura iluminado por holofotes antiaéreos.




EDIT: Existe outro vídeo! Este não é OMG, é OMFG mesmo!

10.8.08

Mais Vespas na TV

Apanhei um programa de televisão que aparentava ser uma cópia medíocre do saudoso Pop-Up Video do VH1. No gráfico das legendas aparece uma Vespa struzzo, Italiano para avestruz. É a alcunha transalpina dos modelos com guiador "de bicicleta" e farol em cima. Força, Amy, tu consegues! Endireita-te, filha!

P1040062

A Modalfa também está a realizar um daqueles castings que promete fama e estrelato instantâneos aos adolescentes preguiçosos, com uma 50s branca a aparecer em fotos e na TV. Passei pelo site à procura duma imagem, mas cliquei instantaneamente na cruzinha vermelha assim que me deparei com uma selva de frases pseudo-estilosas todas féxiâne. "Para te mostrar que o estilo só depende de ti e nunca passa de moda." Blérghhh.

[Vi ontem o episódio duplo do Family Guy baseado no Star Wars e guinchei de alegria. Foi a melhor coisa que passou na televisão desde os Young Ones. Sim, às vezes sou um bocado geek...]

9.8.08

A crise da gota

Eu tenho uma maneira de calcular a autonomia da reserva na PX: a partir do momento em que a luz da reserva já não se apaga num arranque em 1ª, ainda tenho 35 kms de gasolina. Ontem, já com o nível baixo, fiz as contas e calculei que ficaria sem gota quando o conta-quilómetros mostrasse 55 nas dezenas e unidades. Talvez tenha sido do pára-arranca na Baixa, mas fiquei sem gota aos 51, quatro mil metros antes do previsto. Não foi um problema pois os soluços apareceram 50 metros antes duma bomba, onde entrei já com o motor a desligar-se. Eu fico sempre sem gasolina 50 metros antes duma bomba- são muitos anos a virar frangos.

Procedi então ao abastecimento total do depósito. Foi de costa a costa, dos cascos até à rolha, de vapores até à bordinha, dos 0 aos 100. 11.41 euros. Novo recorde. (para os curiosos, são 7.8 litros, capacidade útil do depósito da PX).

Quando comecei a andar de Vespa nos anos 70 (cof cof) na minha GTR, punha 500 escudos de cada vez, que me davam para 90 e poucos quilómetros. Rapidamente mudei para quantias mais avultadas, para não estar sempre a parar na bomba: 800 e 900 escudos. Veio o Euro, e abastecimentos de 5 euros tornaram-se a norma. Logo a seguir, 6. Depois, 7. E 8. 9 euros. 10! Está toda a gente a passar-se com o preço da gota, na TV não se fala de mais nada. 10 euros e já sobra espaço! E agora, o novo recorde: 11.41 euros. Ou o meu depósito está a esticar (o que é pouco provável, pois a PX não tem problemas estruturais assim tão graves), ou o custo dos combustíveis está fora de controlo.

Como webmaster dum blog que orbita à volta de veículos consumidores de combustíveis fósseis, creio que sou obrigado a pronunciar-me sobre a dita crise de preços. É verdade que o pico da crise já passou, e a coisa deixou de ter interesse há já algumas semanas. Não disse nada na altura porque detesto modas: se todos o fazem, então eu não quero. Por alguma razão não fui ver o Titanic.



Este é a minha opinião, que possui exactamente a sua validade, nem mais, nem menos: os combustíveis não estão caros, os combustíveis são caros. Habituem-se! Se os carros andassem a platina, ninguém se queixaria do preço desse metal raro! Em substituição, todos se queixariam da inexistência de combustíveis e transportes alternativos. Porque não o mesmo com a gasolina?

A gasolina não deveria baixar de preço, nunca. Se subiu, não desce. É a maneira do povo apreender o conceito de combustível não-renovável. É a maneira de lhes chamar a atenção, pela carteira onde dói. Os preços elevados irão causar grandes agitações sociais e económicas? Sem dúvida. Mas quanto mais cedo, melhor. Se deixarmos estas agitações para mais tarde, vai tudo parecer um grande flashback Mad-Maxiano. Gasolina cara, já!

7.8.08

Vespas rebarbadas

No OLX, esse ralo de esgoto cibercomercial que retém e expõe proeminentemente os maiores pedaços de porcaria que enviamos pelo esgoto do consumismo abaixo, surgiu em Junho este anúncio:
"vespas rebarbadas a discco de diamante – Cabeçudos

Preço: € 300
Localização: Cabeçudos, Portalegre, Portugal

rebarbo qualquer vespa 50 125 150 barato

tambem elimino moças pela mesma tecnica

ficam espetacolares

quero aproveiter para convidar todos os vesp ões rebarbados para o nosso passeio

se não és um rebarbado,não esites em contactarme ´é rapido com efeitos imediatos e perm,anentes

um grande a braço aos meus amigos rebarbados

eis algum do seu trabalho nestas fotos cheias de estilo"
rebarb

Uma alma abençoada, possuidora dum sentido de humor bastante desenvolvido a compensar fracos talentos ortográficos, deu-se ao trabalho de reunir fotos de anúncios com Vespas rebarbadas e mutiladas, juntando-as num anúncio spoof crítico dos ditos. Qual 'piquena flor a despontar no cume dum monte industrial de estrume fumegante, este anúncio trouxe a beleza a um mundo de fealdade e dor, e deu-me energia para continuar a chafurdar no OLX durante mais uma temporada. Ao autor fico a dever um Sumol.

Permitam-me sugerir, se classificados da internet com piada é a vossa cena, que dêem um saltinho ao best-of-craiglist, sem dúvida nenhuma uma das três coisas mais hilariantes em toda a dabliudabliudabliu. Não cliquem no link se precisarem de trabalhar! Vão passar a tarde toda a ler anúncios. Eu avisei.

6.8.08

do arquivo

Tenho andado um bocado por baixo, mas acho que sinto o meu bioritmo a normalizar-se. Assim sendo, eis que a Horta faz barulho e fumo novamente.

Há algum tempo atrás ressuscitei um scanner que estava enterrado num armário cá de casa, e obriguei-o a digitalizar negativos de 35mm*. Estiquei o braço para os arquivadores de fotos antigas no armário, peguei num à sorte, e saquei uma daquelas tirinhas com cheiro esquisito de maneira aleatória. A minha foto de teste acabou por ser esta, o Mexe a trocar um furo com a Ria de Aveiro por trás, no Verão de 2001, em plenas férias passadas em cima da Vespa. A Horta já vem do tempo em que as fotos ainda eram analógicas!

2400dpi scan test

* Para os mais jovens que não sabem do que é que estou a falar, antigamente as máquinas fotográficas armazenavam a informação numas caixinhas que continham uma tira de plástico revestida a produtos químicos, com capacidade para 24 ou 36 fotos. Quando esgotada, a dita caixa era entregue numa loja que extraía a informação através de misteriosos processos químicos e ópticos, apresentando-a em papel brilhante de 10 por 15 após um período de 2 ou 3 dias. E se acham que isso é bizarro, esperem até eu vos dizer quantos canais de televisão é que existiam.