28.11.14

O vídeo viral da semana

Já toda a gente postou isto mas eu vi primeiro que vocês, ok? Esqueçam lá a GS160 MkI com pintura original, eu queria era saber onde é que se arranja uma fábrica daquelas - tudo o que eu tenho é uma cave suja que inunda. #sadface #garagemdesonho


   

26.11.14

Cenas e coisas

Olá, miudagem! Têm-se lembrado de manter o lado da borracha para baixo, certo?



Se ele tivesse uma scooter de quatro rodas isso já não acontecia... Mas falemos de coisas importantes: já todos viram a Vespa de 51 cavalos, certo?



Meh, deve andar o mesmo que um Fiat Uno. No entanto, há uma coisa muito melhor que uma Vespa de 300cc, e ela é... uma Lambegreta de 300cc!!!



A Scomadi 300 já rola em pequenos números e tu podes gastar dinheiro para acelerar a produção. Ou então brincas com a 125 por enquanto. Eu pessoalmente vou esperar pela 350cc com compressor e painéis de carbono; diz que vai ter pelo menos três rodas.

Entretanto, no Sudeste Asiático, a Vespa 946 é o novo vietbodge. A aura de exclusividade e elegância deste produto elitista fica algo deformada quando a vemos reduzida a acessório de moda de putos privilegiados num país do terceiro mundo. E eu adoraria pintar uma com spray preto-fosco e meter-lhe pneus de taco (cardados, para os meus amigos da linda cidade de Lisboa).


Finalmente, informo que as contas Horta Premium passarão a estar disponíveis apenas para os maiores de 18 anos. É que, segundo uma comunicação radiodigital telemétrica que recebi, a Horta é pornográfica.

PB267352

PB267353

Pela minha interpretação deste peculiar comunicado, a Horta é antes uma alternativa válida à pornografia! Estou orgulhoso! (acho...)
   

16.11.14

Veículo Oficial do Apocalipse 2.0 - errata

A corrida para o título de Veículo Oficial do Apocalipse Scooterista 2.0 (V.O.A.S.2) acabou de ganhar uma classe completamente nova de concorrentes com a notícia da entrada da Piaggio no mercado das bicicletas eléctricas.
 

Em exclusivo mundial, a Horta obteve imagens chocantes do primeiro protótipo da dita máquina.

É claro que a grande pergunta que se coloca no seguimento destes desenvolvimentos velocipédicos inusitados é: em que cores estará disponível a bicicleta eléctrica da Piaggio? Pessoalmente aposto na cor forte da estação Outono-Inverno, o Azul Saint-Tropez.


"O azul Saint-Tropez é o novo azul-cueca" - Bob

E fica bem com estofos cor-de-rosa, à confiança.

 Pusheen FTW

E já que falamos em cenas eléctricas, gosto desta, é bastante apocalíptica. Precisa de mais cromados, no entanto, e talvez um par de pedais.


Recentemente teve lugar uma reunião do LICET (Lambretta Invicta Club Extreme Team) - algo que já não acontecia há quatro anos e meio, facto que só por si é bastante apocalíptico - e eu fui levemente relembrado que a Cor Oficial do Apocalipse 2.0 já tinha sido escolhida, e era o Laranja Crise de Meia Idade (L.C.M.I.). No entanto, creio que o amarelo continua a ameaçar a liderança.

Vídeo de AutoMotoTube - a banda sonora está mal, devia ser o "I gotta feeling"

Entretanto, recebi uma comunicação radiotelegráfica digital a avisar-me da tendência tendencial ascendente das PX200 na Comunidade Scooterista Nacional (C.S.N.):


Sim, o meu telemóvel é de 1987, como a minha PX. Até aqui há atrasado as PX200 não eram populares devido ao seu elevado consumo de extracto de dinossauro. No entanto, como recentemente tive a feliz surpresa de atestar o xibombo a uns comedidos 1.399€ por litro, declaro afastado este impedimento e aberta a caça às PX200 pós-2001. Despachem-se antes que subam os preços.

Se o vosso gosto no campo de veículos para o Apocalipse tende para algo mais clássico, por outro lado, então nada melhor que uma Super Paperinizada. (dica do Luca)

Autor Vietnamita desconhecido

O preço deve rondar os 8000 euros, o que será comparável ao preço das PX200 pós-2001 daqui a uma semanita. Acho que vale a pena, nem que seja só pela Tatuagem Indicadora de Status Scooterista (T.I.S.S.) sem espinhas.

Sim, Comic Sans. Deal with it.

Ou esta também funciona bem.


Finalmente, apresento-vos uma simulação computorizada do Apocalipse o edit final da Scooter Parade no Porto. O embedding foi desligado por isso têm que clicar aqui :\. Filmar scooters com uma GoPro é tão 2012, o que está a dar agora é filmar com drones.
    

7.11.14

Construindo um tuk-tuk de 600cc


Se não sabem quem é o Colin Furze então estão a falhar. Basta dizer que ele é um dos heróis pessoais da minha ilustre pessoa, e esta é uma soberba recomendação. Na sua pequena garagem, o Colin constrói coisas deliciosas como bicicletas a jato e aceleras que cospem fogo e motores a jato e poços da morte e a mota mais longa do mundo, tudo de modo acessível, divertido e com um flagrante desrespeito pelas normas básicas de segurança e higiene no trabalho.

Podem então começar a imaginar a minha surpresa e satisfação quando saiu o seu último vídeo onde ele enfia um motor de mota desportiva num tuk-tuk. Rock on, Colin. \m/ \m/

   

5.11.14

Novas cores para as LML automáticas

Yo, confiram as novas tendências de Outono/Inverno no departamento desprovido de embraiagem, filial Indiana: as LML automáticas aparecem com montes de cores e decorações interessantes.

A versão Deluxe monta uma top-case e protecções laterais cromadas, bem como o que me parece ser um nariz de buzina mais estilizado. Todas as imagens via o pessoal porreiro da Vasco's Garage.

 Marfim

 Bordeau

 Marfim vs. azul

 Cinza Intergalactic Funkmaster 3000 (nome carece de confirmação)

 Verde abacate - um clássico recomendado pela Horta

"Vintage Power" - pontos extra de ironia pelas cores transalpinas

 "Street Power"

 Azul Saint Tropez

 Marfim vs. verde

Branco (duh!)
         

3.11.14

Veículo Oficial do Apocalipse 2.0

Já alguma vez espirraram à séria dentro do capacete fechado e pensaram "bem, tenho mesmo que lavar esta badalhoquice quando chegar a casa" e só se lembram do sucedido dois meses depois quando estão parados no semáforo a lamber distraidamente o interior do capacete? Não? Pois, a mim também nunca aconteceu.

Iniciemos, sendo assim, a nova época do Scooterismo Clássico Nacional (S.C.N.) tentando responder à pergunta mais importante de todas e que vos consome dia e noite, certamente: qual será o Veículo Oficial do Apocalipse Scooterista 2.0 (V.O.A.S.2)? O V.O.A.S. anterior foi uma Lambegreta de plástico o que tornou a decisão bastante simples (Lambegreta + plástico, duh) mas a presente eleição afigura-se mais complexa.

Pode ser, por exemplo, a Vespa 946 Bellissima em azul-cueca escuro (já não se faz azul-cueca como antigamente...). A 946 em amarelo (tom bastante apocalíptico, já agora) não parece ter entrado em produção o que, a acontecer, far-nos-ia saltar imediatamente para o Apocalipse 6 ou 7.


Ou pode ser a nova Vespa Rally (já saiu uma Primavera e uma Sprint, 'tá-se mêmo a ver que vai sair uma Rally)...

P8160435
simulação computorizada da nova Vespa Rally

Ou pode ser uma frota de Apes a venderem cerveja artesanal...

PA211353

PA171224
"Ei, isso não é Sumol!"

Ou o que quer que isto seja.

P9270780

Ou então pode ser novamente uma Lambegreta de plástico, mas desta vez com 300cc.



Ou então pode ser uma scooter com quatro rodas, já que scooters com três rodas são tão 2010 - de certeza que deve haver pessoal a restaurar a primeira geração dos Piaggio MP3 e a pintá-los em azul-celeste com o capacete a condizer.



Uau, fantástico! Aposto que ficava ainda melhor com quatro assentos e um tecto abrangente para proteger dos elementos. Estilo isto:

Vespa 400 miniature

Eu agora poderia pedir-vos para ignorarem esta tecnologia temporária das quatro rodas e comprarem antes as novas scooters de cinco (5) rodas, porque diz que vão fazer torradas e conectar ao Facebook, mas vou ser radical e aconselhar todos os leitores a esperarem antes pelas novas scooters de oito rodas com tecnologia Dexion. À prova de qualquer Apocalipse.

Enquanto o Veículo Oficial continua a flutuar num limbo de incerteza, o modo como o Apocalipse 2.0 decorrerá é bastante previsível. Uma massa sólida de Hondas PCX e de LMLs  automáticas invadirá as ruas das grandes cidades ocupando a totalidade do espaço disponível, obrigando todos a circularem a 15 quilómetros por hora e a apitarem constantemente. Para todo o sempre.


Com o "I gotta feeling" a tocar em repetição permanente. Verdadeiramente apocalíptico.