31.10.07

Nabo!!!

Nas palavras traduzidas do próprio Steven Spielberg: "Fiz uma rotura de ligamentos e nem posso dizer que a tenha feito com honra numa mota potente. Caí da minha Vespa, uma Vespa que eu queria porque adoro o filme 'A Princesa e o Plebeu'. A razão pela qual eu adoro a Vespa é que, quando era um miúdo, sempre tive um poster de William Wyler, o grande realizador, por cima da minha cama indo de Vespa para a Cinecittà para dirigir o 'Ben Hur'. Ele foi fotografado duma janela do primeiro andar conduzindo a sua Vespa pela Via Veneto abaixo. E como eu sempre tive uma grande admiração por Wyler, também sempre quis ter uma Vespa para ser como ele."

Ok, é agora que fica interessante: "No ano passado, a minha esposa Kate ofereceu-me uma Vespa clássica cinzenta de 1962 e enviou-a para Long Island. Ao longo da minha vida já guiei motas de enduro, motas de cross, e sou bastante bom. Bem, tirámos a Vespa da embalagem, eu montei nela e dirigi-me a um pequeno monte no meu jardim. Dei um salto e quando aterrei, talvez devido em parte às rodas pequenas, o impacto não foi muito suave. O guiador virou bruscamente para o lado e eu voei de cabeça! A Vespa é um veículo perfeito mas, devo dizê-lo, para andar na estrada, não para saltar."

Doh! Deixa os saltos para os profissionais, tu sabes quem são, já trabalhaste com eles. Stunt. Men. Nabo!

EDIT: Hoje revi o filme "O Grande Ditador", do Charlie Chaplin. Este clássico hilariante é ainda mais divertido do que eu me lembrava. "Strange, and I thought you were an Aryan. - No. I'm a vegetarian!". O intemporal discurso no fim do filme é um clímax arrepiante e acerta na descrição da natureza humana. Altamente recomendado.