4.6.09

Vespershop II

Uma das postas que mais reacções suscitou nos últimos tempos foi a do Vespershop. Exceptuando o habitual comentário anónimo do tipo "como é que se atrevem a criticar", gosto de pensar que as pessoas até receberam bem este projecto tendo em consideração os desastres recentes a nível de ofertas de restauro comercial: os vietbodges da Nacional e a outra oficina que não desmonta os pedais de travão são dois exemplos que me vêm à mente e que justificam abundantemente uma dose saudável de cepticismo inicial.

Entre os que souberam utilizar os comentários de maneira construtiva encontram-se o Hélder e o João, responsáveis por este empreendimento recente dedicado às scooters clássicas. Apresentaram-se e informaram que uma das Vespas deles estava exposta numa montra aqui no Porto. Logo que pude passei pelo sítio, à espera de apreciar um modelo clássico restaurado, mas saiu-me uma customização.

Fico à espera de mais avistamentos de produtos Vespershop para poder formar uma opinião.

Vespa em montra

Já agora, também há outra Vespa numa montra em Matosinhos. O amarelo será o azul-cueca da próxima década.

Vespa em montra

6 comentários:

o tímido disse...

pronto. ok. pode ser que tenha mau gosto...
mas acho repugnante a vesper, e até gosto da amarelinha ...

Bulletman disse...

Espero bem que não tenhas nada contra o amarelo, nem contra vespas amarelas. Tenho dito.
Não gostava nada de te retirar da minha lista de Deuses das Vespas, ainda por cima tu que usas um capacete amarelo.
Saudações.

Gil Fangueiro disse...

Concordo pá. Vespas amarelas são giras. Já diz aquele ditado. "Se gostássemos todos do mesmo qu seria do amarelo" XD
Abraço

Ranger Bob disse...

Não gosto de Vespas amarelas.

Eu não sou um deus, sou super-humano.

Toni disse...

A minha era amarela de origem, pintei-a de verde.

Também não gosto de Vespas amarelas mas gosto de algumas customizações.

ricardo rocha disse...

Boas...a vespa em questão tem a cor "amarelo limão" cor da epoca...pior...pior é o amarelo dos dentes :)........