11.5.09

Sem-fim ó-quei!

Por mais que goste e aprecie a mecânica caseira e o desenrascanço DIY, por vezes não há substituto possível para ajuda profissional experiente e equipada. Assim, depois do recente fiasco do meu último sem-fim que só durou 30 quilómetros, decidi visitar o amigável especialista Vespa da vizinhança de seu nome Ciclo-Foz.

A minha PX já não subia a um cavalete de oficina desde o período Jurássico e, depois do upgrade de motor que se avizinha (cof cof), não se repetirá essa situação durante muitos mais anos- dedos cruzados! Assim, observem o raríssimo espectáculo da Bobér-PêXizer em cima dum lifter de stander.

PX at the shop

Removida a roda da frente, um suspeito foi rapidamente identificado: a engrenagem em espiral que actua o sem-fim está mais gasta que pneu traseiro de pica. Compro: cubo dianteiro de PX avariado (ou de T5, parece que a engrenagem é idêntica), só lhe quero sacar a engrenagem. Os colegas da Ciclo-Foz montaram-me um sem-fim novo, desta vez um cinzento- verificação de diferenças reais entre o cinzento e o vermelho não foram comprovadas- e a coisa está-se a aguentar bem há já um molho de semanas.

Worn speedo gear

Agora que as minhas chatices crónicas com os malfadados sem-fins parecem ter entrado na recessão quinquenal do costume, encontro-me finalmente em posição para actualizar os meus sinais exteriores de indicação de status scooterista. Como "Five busted speedo drives, I haz them" é longo demais para fazer uma tatuagem nos dedos, decidi fazer um colar. Bob's busted bling, bitches!

Busted speedo drives, I haz them

3 comentários:

Pedro disse...

Olha,olha, a tua PX numa oficina. Weird!
Já agora, o colar, quanto vale?

HFilipe disse...

xi... continuam os problemas da bicha..
lol

vespao disse...

entao e o kit?? é pra qdo? A P.xizer merece!!

Já nem com os cones de vento lá vai eheheheh