6.4.12

Cartões de memória químicos

Na altura em que as Vespas ainda saíam da fábrica com platinados, as máquinas fotográficas digitais usavam uns cartões de memória invulgares. Eram cartões grandes, cilíndricos, com uma capacidade de 36 fotos, e só podiam ser usados uma vez. No entanto, talvez a característica mais invulgar destes dispositivos de armazenamento era que necessitavam de um leitor de cartões químico que só havia na loja; era preciso levá-los lá para descarregar as fotos.

Ora como eu curto cenas retro e vintage de um modo particular e processos complicados de fazer as coisas de um modo geral, utilizo ainda ocasionalmente estes cartões de memória antigos. O senhor da loja com o leitor de cartões químico deve ter dificuldade em lembrar-se do meu nome ou algo parecido pois socorre-se de métodos alternativos para identificar os meus cartões. Like.

scooter doodles
   

2 comentários:

Jorge Abreu disse...

Like (Y)

Julio disse...

eu também os uso. são excelentes porta-moedas ;)