4.4.12

Avaria 6 - escape

Ora portantos eu ia a descer a Rua dos Caldeireiros com pendura, que é uma rua inclinada e de paralelo, quando passei por cima de uma tampa de saneamento. Não devia ter feito isso mas eu até ia devagar e calculei que não deveria haver grande problema. Mas houve.

P1169648

A esquina da tampa de saneamento, a fronteira entre a tampa e os paralelos, era uma aresta saliente do plano normal do pavimento. O escape bateu nessa aresta (não, a pendura não era gorda, tinha um peso perfeito) e, em vez de raspar um bocadito como é normal, arrancou um paralelo do chão e rodou por cima dele!

P1169649

O escape dobrou para trás e ficou quase quase quase a raspar no pneu; o colector ficou com a Maior Mossa do Universo (M.M.U.). A traseira da Vespa levantou violentamente, de um modo que eu nunca tinha experimentado, deixando a pendura sentada em cima do porta-couves; a velocidade dianteira diminuiu para zero quase instantaneamente atirando-me contra o guiador e deixando-me bastante perplexo com tão invulgar ocorrência dinâmica.

P1169647

Não percebi o que se tinha passado imediatamente mas, olhando para trás e ignorando os olhares assustados dos transeuntes, vi um buraco do tamanho de um paralelo encostando à face da tampa de saneamento e um paralelo solto a pouca distância.

Estranhamente a performance do motor não pareceu ser afectada pela M.M.U. e respectiva diminuição da secção efectiva do colector; no entanto, como este escape já tinha 90.000 quilómetros em cima, achei conveniente encomendar um substituto. Cuja tinta preta desapareceu por completo do colector no fim da primeira volta, deixando um tom de metal queimado.

P3200637

O escape velho tinha um ganchinho soldado onde se prendia uma mola para o impedir de descer (modificação do Sam) mas não me dei ao trabalho de fazer isso neste. No entanto, o bocal começou a descer e prendi a mola com uma abraçadeira para resolver o problema, pois não é boa ideia estar a apertar o bocal à bruta num cilindro de alumínio. Apesar de ser um escape de origem novo, não se revelou mais silencioso que o velho antigo - estranho.
   

4 comentários:

Anónimo disse...

granda galo Bob ! andas em maré de azar...a tua sorte é que essa porra está toda podre...

abraço e venham de lá mais avarias , digo reportagens :-)

Chamusca disse...

A pendura não era gorda, já tu...

:D

PE disse...

Leva a PX ao exorcista! Isso anda aí coisa!

Rui Tavares disse...

Essa pendura tem é de começar a andar comigo na Heinkel... ou talvez não! Os escapes da Heinkel são difíceis de arranjar...