28.7.10

Tudo sobre a nova PX

A notícia circulou pela CSCN (cena scooterista clássica nacional) como um incêndio florestal de Verão numa encosta cheia de mato seco: a Piaggio vai voltar a produzir a PX. Os pormenores são inexistentes, apenas se sabe que poderá ter motor de 2 ou de 4 tempos, e que talvez apareça nos salões de final de ano. Para contrariar tal seca de informação, peguei no meu caderninho preto e localizei a página que diz "contactos secretos em Pontedera". O telefonema passou-se deste modo:
Bob: Tou? Tou? Tá lá? Tou? Tou? Tá lá? Tá lá? Tá lá? Tãomoubir? Tou? Tou?
Pontedera: Prego!
B: Olá, bom giourno. Daqui habla Bob da Horta das Vespas. Soi un blogger mui importante, capisce?
P: Ma che cosa?...
B: Não, não tenho uma Cosa, tenho uma PX. Pê Équis, capisce? Olha lá, niecessito di una foto de la nova PX. Mandame-la listo!
P: Per informazioni commerciali lo passerà al dipartimento delle relazioni.
B: No no, no passerás nada. Quiero una foto de la nuova PX, não me embrulhes. No me embrulhari capisce?
P: Mi dispiace che non capisco. Vuoi parlare con que?
B: Ah assim está mui melhor. Envias-me esso presto, vale.
P: (non lo so, è un pazzo...)
B: A foto já passou? Fixe, meu! Fixola, mio! Diz lá aos enginieros para andarem piano com lo cromato, vale?
P: (pip pip pip pip pip pip pip pip...)
B: Ok meu, um bom giorno para ti tambien. Dá-lhe gás! Ofereceri l'aceleratori, como dicien ustedes. Beijos!

Estranhamente, a foto nunca chegou. Assim, liguei o super-computador da Horta e carreguei o programa de simulação de design industrial que me enviaram da NASA (foi um telefonema interessante, depois conto-vos acerca disso), e obtive em exclusivo mundial a primeira imagem da nova PX disponível ao público, sofisticado rendering de altíssima resolução:

The new PX?

Os mais atentos notarão ligeiras diferenças em relação ao modelo original... As alterações seguirão exactamente a mesma linha das mudanças feitas aquando do aparecimento da PX Milenium:
  • cores modernas e metalizadas: para além do prateado e de tons metalizados "crescidos" (tipo carro) prevejo também dois ou três tons "pastilha elástica" meio infantis, onde não poderá faltar o azul-cueca. O software não previu dois-tons, felizmente;
  • plásticos cromados: tudo o que for pequeno e plástico será cromado, porque nada diz estilo e retro como plástico brilhante, certo?
  • o motor deu erro no programa: ou será como os últimos motores a 2 tempos bastante catalizados e estrangulados mas facilmente modificáveis, ou então será uma unidade nova a 4 tempos muito semelhante aos antigos abaixo da cintura e moderna e estilosa acima da cintura. A Malossi demorará apenas 3 semanas a lançar um barrote mas custará 1300 euros. O chassis não sofrerá modificações de maior como as vistas na LML 4T;
  • plásticos alisados: para poupar dinheiro a chaparia ficará quase intocada mas os plásticos vão mudar. Nariz, tampa do guiador, farolim, talvez mesmo até o farol, será tudo suavizado e arredondado como nas aceleras. O guarda-lamas quadradão ficará então com um aspecto parvo e acabará por ser mudado para uma peça de plástico com o formato dum sabonete usado;
  • acessórios: como naquela edição limitada de fim de produção (agora que a produção já não acabou, será que a Piaggio pode ser processada por publicidade enganosa?) prevejo (leia-se temo) pneus de faixa branca e uma cobertura liberal de tubagem cromada. Também existirá uma linha de autocolantes de embelezamento que custarão uns ridículos 70 euros cada um e que terá um sucesso enorme (riam-se mas isso já acontece com a GTS300);
  • preço: 4500 euros para a versão básica 125, 5000 euros para a 150, 5500 euros para a versão Classique com pneus de faixa branca e porta-couves cromado, e 7000 euros para a versão 250 com 5 velocidades que será mostrada em protótipo na Scootering mas que nunca entrará em produção;
  • reacção: o preço das LML e PX usadas não baixará um cêntimo. O tráfego nos fóruns aumentará 15% no período adjacente ao lançamento da nova PX com tópicos sobre qual o melhor capacete para a nova PX, qual o melhor óleo para a nova PX, quais os melhores pneus para a nova PX, quem faz a nova PX mais barato, qual a melhor oficina para ajustar o ralenti à nova PX, e como instalar o kit de autocolantes de 70 euros na nova PX.
Em resumo, vão meter-lhe um motor a 4 tempos, mudar apenas os plásticos e as cores, e cobrar um balúrdio. FYP.

Sem comentários: