13.12.18

Nexx X.G100R Motordrome, primeiras impressões

A tão esperada caixa chegou. Depois de ter experimentado altos níveis de satisfação com outros produtos da nacional Nexx, as minhas expectativas encontravam-se elevadas. Mas será que foram cumpridas?







Sim e não. O conforto é soberbo, a qualidade de fabrico é excelente - o preço reflecte isso - e o design é refrescante. É um capacete fenomenal mas talvez não seja o mais adequado para mim. O X.G100R não tem ventilação, para além de uma fenda tímida no queixo, e isso torna-o (mais) quente de Verão e propício a embaciamentos de Inverno (é fornecida uma película anti-embaciamento para colar no interior da viseira e recomendo que seja aplicada mal o capacete saia da caixa).

A minha primeira impressão é que estamos na presença de um capacete fenomenal para dar umas gazádas no fim-de-semana, mas não para uso intensivo no dia-a-dia, durante o ano inteiro. O Nexx X.T1 teria sido uma melhor escolha, creio. Vamos usá-lo durante um ano e depois logo vemos se estas primeiras impressões foram acertadas ou se falharam redondamente. Ide rolar, meus filhos.
   

1 comentário:

VCS disse...

Concordo. Em design, acabamento, pintura e grafismo o Motordrome é um 10 em 10, talvez o NEXX mais bonito de que tenho memória. Mas o preço do compromisso para uma utilização 365 deve ser alto.