28.3.16

Comprei umas tendências baratas no OLX

Vivemos em tempos privilegiados. Podemos comprar kits completos de chaparia com zero quilómetros...



... e depois arranhá-los com bolsas esquisitas.



Não, a sério! Quando podemos ir rolar de Vespa sem nos preocuparmos com decapitações na via pública  temos o dever de reconhecermos que somos privilegiados. Eu sinto-me privilegiado, mesmo com uma PX meio decrépita: o estalinho era o vedante da cambota do lado da embraiagem que girava no carter (reparado), o descanso continua a lixar-me o chão (ignorado), e o banco já está plenamente rachado (assucatado).


Isto daria muito mau aspecto se eu fosse a uma actividade como a Scooter Parade, que lançou o seu vídeo oficial da edição de 2015. Tem montes de cenas filmadas com drone por isso é bom.



Quem tem 20 e tal anos e quer ser cool vai à Scooter Parade. Quem tem 30 e tal anos e quer ser cool, por outro lado, arranja uma bicicleta eléctrica Piaggio, montes de amigos divertidos com uma vibração hipster/modelo de moda e um gosto musical reprovável.



[Edit: o vídeo agarrou, experimentem aqui]

(os verdadeiros conhecedores compram bicicletas Lambretta - o motor não está de lado e por isso são mais estáveis)

Quem tem 40 e tal anos e quer ser cool depara-se com uma única solução: arranjar uma café racer e pilosidades faciais de curadoria artesanal simbólicas de lifestyle urbano retro-trendy. E depois vai ao Distinguished Gentleman's Ride, que é estilo a Scooter Parade mas para quem tem mais dinheiro para gastar em motociclos. Estava a ver este vídeo da D.G.R. (não dá para embeber) e vejo duas LML cor de pastilha elástica Gorila a descerem o passeio...


 ... e penso logo: "ai ai ai não se pode descer para a direita que bate!"

So much filter

Pimba no selector! Tenho quase a certeza que bateu mas o colega nem notou.


A seguir foi a vez duma PX e desta vez tenho a certeza absoluta que bateu.


Porque o colega olhou para trás para tentar descobrir a causa do barulho. Se querem descer um passeio de Vespa têm que o fazer para a frente ou para a esquerda; para a direita vai bater o motor. Se tiverem uma Vespa antiga, os cuidados deverão ser redobrados pois a extremidade por baixo da matrícula é ainda mais baixa e sólida que nas PX/LML e baterá em passeios de altura média, com garantia acrescida de tal em caso de existência de pendura. A Horta educa e molda as futuras gerações de scooteristas clássicos nacionais!

(Talvez um dia a procissão de 200 motas da D.G.R. colida com a procissão de 500 scutras do Scooter Parade e tenhamos um revivalismo das lutas entre Mods e Rockers mesmo no meio do Porto. Eu aposto nos scooteristas porque são todos 20 anos mais novos que os motoqueiros clássicos e estes últimos não vão querer correr o risco de arranhar os seus capacetes revivalistas dos anos 70 de 500 euros. As imagens captadas pelos drones serão fenomenais.)

Se quiserem mesmo descer passeios despreocupadamente,então precisam duma scooter com características todo-o-terreno, tal como a Honda City Adventure:


 E aqui está uma simulação em azul-cueca:


Esta scooter é apenas um "conceito" mas talvez já se possam comprar conceitos de malas Touratech para ela. De qualquer modo estou certo que, caso veja produção, a City Adventure será um falhanço. Onde é que já se viram veículos todo-o terreno na cidade? Por acaso alguém usa um jipe enorme para ir às compras ou levar os putos à escola? Claro que não, seria totalmente ilógico.

Outra opção para subir e descer passeios seria um veículo de aluguer (é um segredo mal guardado que todos os veículos alugados possuem  suspensões e chassis reforçados, pneus de baixo desgaste e motores modificados para aguentarem com altas rotações). Aqui no Porto pode-se alugar uma Super a partir de 25 euros e andar em contra-mão numa artéria movimentada sem custo adicional, estranhamente na mesma rua onde os colegas acima bateram com os rabos. #triângulodasbermudasscooteristainvicta #notazulcueca

Edit: não é a Super que está em contra-mão mas sim os carros. Talvez o fotógrafo esteja a entupir a faixa?


(a minha análise gráfica revela uma probabilidade de 90% daquela forqueta estar empenada para o lado)

Entretanto, no continente Asiático, a LML 2 tempos morreu e a LML pequenina nasceu.


Chama-se Star Lite, tem 125 cilindradas cúbicas transmissionadas automaticamente, e será uma excelente scooter de aluguer: como o motor está do lado esquerdo, pode descer passeios à vontade. Ide rolar, meus filhos, não andem à pancada e mantenham o motor limpo.
   

5 comentários:

PE disse...

Uuuuuu!
Finalmente uma post à "gud olde" Bob! :)

Anónimo disse...

Sublime!!!

Ricardo Lopes disse...

Não gosto de ver vespas misturadas com café racers, penso que não se enquadram em tão piloso ambiente!
Parabéns pelo post.

Rui Tavares disse...

Eu gosto delas misturadas. E também gosto de ler as parvoíces do Bob.
Já arranjaste alguma bicicleta dobrável hoje?

Ranger Bob disse...

Ainda não. Faltam as peças e falta um macaco de carro para alargar o espaço entre dropouts.