6.2.14

A última visita ao VCL

Lembro-me de estar na sede do Vespa Clube de Lisboa há muitos anos atrás.

- Ei Bob, quando voltas para o Porto?
- Hoje, ao fim do dia.
- Não vais nada, ficas em minha casa.

E é assim que nascem os sítios míticos, populados por amigos épicos. Quando lá voltei recentemente, soube que os dias da sede na Infante Santo estavam contados; tentar capturar 60 anos de história e o ambiente inimitável daquela casa seria sempre uma tarefa vã, mas aqui ficam umas chapas medíocres como vénia reverente ao Vespa Clube de Lisboa e desejo de felicidade e sucesso nas novas instalações.

Vespa Clube de Lisboa

Vespa Clube de Lisboa

Vespa Clube de Lisboa

Vespa Clube de Lisboa

Vespa Clube de Lisboa

Vespa Clube de Lisboa

E serviram-me Sumol numa chávena de chá. Like a boss.
   

1 comentário:

Luis Barreto disse...

Eix, o VCL vai mudar de spot? Vou me perder em LX outra vez!