12.8.10

A corrida da Quinta Dimensão

No próximo fim-de-semana terá lugar a corrida da Romaria da Senhora Aparecida. Se nunca a viram, estão a perder um espectáculo tão único quanto surreal. Podem ficar com uma leve ideia desta singularidade no contínuo espaço-tempo lendo esta transcrição do meu artigo na Motojornal de há dois anos atrás (quando ainda escrevia coisas de jeito) e espreitando as fotos aqui.

P1040559

Não sei se as competências da ASAE incluem manifestações motociclísticas regionais integradas em romarias religiosas mas tenho a certeza que esta corrida não lhes agradaria. O traçado (em 2008, pelo menos) compõe-se da rua principal e da rua adjacente, uma a subir e a outra a descer. Pilotos amadores em motos esganadas de manutenção ligeiramente menos amadora lançam-se em velocidades temerárias pelo piso de paralelo a escassos centímetros dos dois muros sólidos de espectadores que revestem todo o perímetro da pista. (em 2010 pareceu surgir algum asfalto)

P1040447

É um espectáculo verdadeiramente surreal, e provavelmente único no mundo Ocidental moderno tão asséptico e controlador. "O único dispositivo de segurança a impedir um piloto de mergulhar nos espectadores em quarta a fundo é a proximidade da igreja, e a protecção divina que daí advém. Supreendentemente, até funciona bem." Estas corridas continuarão a desafiar os regulamentos orwellianos de protecção dos cidadãos até que alguém se magoe; se/quando isso acontecer serão informados no Telejornal.

E o mundo ficará um pouco mais pobre, mais regulamentado, mais alcatifado.

1 comentário:

Anónimo disse...

Não sei se ria, se chore. É uma reportagem que - penso - pode e deve bem ser mais difundida.