21.2.09

Máquina do tempo

Ok, o arquivo de fotos da Life no Google tem imagens de scooters muito fixolas, mas eu continuo a ser um gajo do Flickr. Encontrei lá esta foto que mostra uma Vespa estacionada em Lisboa, à frente do Cinema Europa.



Se quiserem ver a foto em formato grande, é aqui. Nela poderão observar com maior pormenor este exemplar de VBB (?) cujo único acessório visível é o grande avental dianteiro para protecção contra o vento e a chuva. Esta é uma visão rara e fascinante duma Vespa nacional no seu habitat natural, a ser usada na vida diária dos anos 60. Melhor que isto só com uma máquina do tempo.

Ah, e os filmes que estão em cartaz são "O ódio que gerou o amor" e "O segredo da ilha sangrenta". :-)

3 comentários:

TiagoP disse...

BRUTAL, nessa foto esta um Opel Kadett igual ao meu :D

Paulo disse...

Infelizmente este cinema já não existe em Campo de Ourique.

Pedro disse...

Extraordinária, esta fotografia. O cinema continua de pé e com a fachada praticamente inalterada (apenas está mais suja), só não existe em termos culturais e tarda em ser reabilitado, apesar dos esforços de um movimento de cidadãos criado para lutar contra o seu desaparecimento. O marco do correio já não existe e em relação às lojas, o Spar (com o seu slogan muito Estado Novo)continua a ser um supermercado, embora com outro nome - Xurrex - e é mais conhecido pelo seu frango no churrasco. A loja da Robbialac ainda existe, mas a que está ao lado desapareceu. À direita na foto, no prédio de esquina, a charcutaria deu lugar a uma pastelaria - a Aloma -, cujo pastel de nata tem justíssima fama. Ao lado deste prédio fica a casa da minha mãe.
Que bem que fica a Vespa em todo este cenário. Obrigado, Bob.