8.10.07

1ª Prova de Regularidade Guimarães-Lisboa

A prova foi um sucesso e pôs toda a gente feliz. A "Patocycles/ Horta das Vespas/ Bob rules Mexe sucks Team" até conseguiu o segundo lugar. O prémio, uma garrafa de espumante, foi imediatamente transferido para a guarda do bar do VCL a fim de ser consumido em ocasião merecedora. Também tínhamos o nome mais fixe.



A prova em si foi bastante básica e sub-organizada mas ninguém ligou a isso pois a viagem e o convívio ofuscaram qualquer falha. Correu tudo sem dificuldades a nível de dormidas e comidas, o que não deve ter sido fácil de organizar. Uma das coisas que gostei mais foi chegar aos postos de controlo e estar lá o pessoal do Vespa Clube correspondente com um sorriso, contentes por participar e ajudar. Havia sempre um pin de lembrança, ou um refresco. Muito bom. A meteorologia suplantou os meus requisitos mínimos de satisfação.

Também gostei daquela estradinha de Sábado à noite, que serpenteava ao lado da água. No escuro da noite, seguíamos a Vespa à nossa frente a um ritmo relaxante, com uma longa série de pontos luminosos perfeitamente alinhados no retrovisor, e as manchas de luz dos faróis lambiam as copas das árvores por cima de nós em sucessão psicadélica. As paragens nos postos de controlo davam tempo mais que suficiente para se conversar, e podíamos partir sem pressa nenhuma, tornando a experiência agradável e stress-free. Outra boa ideia foi a distribuição dos coletes reflectores, uma coisa simples mas que funcionou muito bem.

Houve um senhor que caiu e mandou a sua GT p'rós verdes, mas felizmente não foi grave. Um par de calças novo e siga. No fim, entrámos em caravana na capital, sempre uma experiência memorável. Um almoço simples mas eficaz na sede do VCL proporcionou mais convívio com todo o pessoal que lá se reuniu para assistir ao desenrolar desta prova inédita no passado recente. Poderei sempre dizer com orgulho que estive presente na primeira, e espero poder afirmar o mesmo da segunda.



Ao fim da tarde de Domingo, depois de uma visita rápida ao novo membro da família Admin, tomou-se o inevitável rumo Norte. Fiquei deveras contente com a viagem, pois não tive problemas de sono nem de costas. Os pontos altos do regresso foram a decoração dos sinais de trânsito à frente da ExpoBatalha com uma escultura de cerâmica representativa de parte emblemática da anatomia masculina, e a observação duma Via Láctea cristalina na escuridão silenciosa da A17. Agora, alguém me ajuda a descolar o raio do autocolante do número do balon?!!

9 comentários:

paperino disse...

ganhavamos isto se nao parasses tantas vezes pra fumar pá e se a porra do gps nao estivesse avariado

Rui Tavares disse...

Então paperino, afinal querias o GPS a funcionar!
Tás a ficar tecnológico. He, He!

Sr. Xavier disse...

Eu com esse GPS tb ganhava a coisa!
Ou lá o que era o grande prémio...a garrafa de espumante!
Afinal trouxemos um pneu nobinho para casa, toma lá!!

Mas até teve piada estes dias!

Ranger Bob disse...

Qual GPS, pá? Aquilo era p'ra medir a pressão do óleo.

XaNNo disse...

Hello a tds !!

Alguem me poderia dizer qual o modelo da vespa que tem o nº 18 no escudo frontal ?

Ranger Bob disse...

Xanno, essa Vespa é do modelo "VBB".

Mais info em http://www.scooterdepoca.com/pics_vespa/pdf/ve_150_VBB.pdf

XaNNo disse...

Obrigado pela atenção ranger bob.

Já ando ha algum tempo a ver fotos de vespas e tenho uma queda para o que na minha opiniao sao vespas largas e robustas....

Nos anuncios de compro/vendo de diversos sites nunca vi um a vender uma vbb.

É dificil encontrar uma VBB ?

Ranger Bob disse...

Não é difícil, mas também não é dos modelos mais comuns. Estão um pouco caras. Continua a procurar na net.

XaNNo disse...

Obrigado pela atenção. :)